Newton Drummond, o Chumbinho, ex-diretor do Internacional resolveu falar. Em entrevista à Rádio Grenal, o dirigente disse ter ficado muito surpreso com demissão e revelou que já não falava há mais de uma semana com o presidente Giovanni Luigi.
“A justificativa inicial que me foi dada pela diretoria foi uma diferença de comprometimento. Sinceramente, não entendi.”
Sobre o fato de ter tirado férias durante o mês de dezembro, época das contratações, o ex-funcionário do clube alegou que deste setembro todos já sabiam e tinham autorizado essa situação.
“Me ligaram quando estavam em Punta porque não sabiam como fazia o empréstimo do Airton. Eu tive que fazer de lá”, desabafou.
Com relacionamento atritado com Dunga e Marcelo Medeiros, sua saída já era especulada desde o meio da temporada passada.
Foto: Alexandre Lops/Internacional