Uma conversa chamou a atenção no final da tarde desta segunda-feira no Estádio Olímpico.

O conselheiro e líder de uma das mais famosas torcidas organizadas do Grêmio, Alemão da Geral, estava no pátio falando com o Fernandão, segurança do clube.

Quando o capitão Barcos saiu do vestiário, ele foi chamado até o local onde eles conversavam. Até ai parecia tudo normal, apenas um aperto de mão.

Porém, foi mais.

Por cerca de 10 minutos eles trocaram algumas ideias, mas só Barcos e Alemão participavam. Pareciam nem estar falando sobre futebol, só que em certo momento foi possível ouvir em claro e bom som o que o argentino falou:

“Queria saber por que disso? Por que eu tenho que passar por isso? Três caras me cobrar?” (falou exatamente assim).

Como o Alemão estava de costas, não consegui ver o que ele falou. Apenas escutei isso.

Não foi uma conversa tensa, ríspida ou algo do tipo. Bem pelo contrário, era algo quase entre dois amigos. Tanto o líder da Geral quanto o centroavante numa boa.

Minutos depois, eles se cumprimentaram e o jogador foi embora em seu carro branco conversível.

E, como excelente fotografo que é, o Wesley Santos da Agência PressDigital, capturou exatamente o momento em que Barcos, de braços cruzados, fazia a pergunta pro Alemão.