A defesa prévia que o Internacional fez no STJD confirma a versão que há um bom tempo era especulada na imprensa.

Nilton estava um pouco acima do peso e recebeu um remédio para emagrecer da esposa, que é professora de educação física, e quis ajudar o marido a perder os 3,5 kg que tinha a mais.

Como Nilton concentrava com Wellington Martins, o volante que está emprestado pelo São Paulo acabou usando o emagrecedor nas concentrações.

E é justamente esta a defesa colorada, os advogados alegarão que a dupla não sabia que os remédios eram proibidos e que tomarão sem a supervisão médica do clube.niltonFoto: Alexandre Lops/Inter.