Da Aguante Comunicação: Os primeiros passos de uma das maiores promessas das categorias de base do Grêmio foram dados em Goiânia. Nascido em 1996, Arthur viveu por 14 anos na Região Centro-Oeste do Brasil, até desembarcar em Porto Alegre para defender o Grêmio, em dezembro de 2010.

Nesta terça-feira, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro Sub-20, terá a oportunidade de encarar o Goiás, primeiro clube da carreira. O jogador contará com o apoio de familiares e amigos no estádio Hailé Pinheiro.

“É um momento importante para mim. Tenho um carinho enorme por Goiânia. O Goiás foi fundamental na minha formação, mas hoje está do lado adversário. Vai ser bem legal jogar com a presença da minha família e de muitos amigos. Será um incentivo a mais para buscar essa vitória”, contou.

Capitão e camisa 10 do time comandado por Felipe Endres, Arthur se caracteriza por ser um jogador cerebral. Com grande qualidade para realizar a transição da defesa para o ataque, se mantém em constante evolução tática e técnica. O aprendizado começou cedo. Aos quatros anos de idade foi levado pelo pai Ailton para a escolinha de Niltinho, ex-jogador esmeraldino.

“Minha vida sempre foi totalmente ligada ao futebol. Desde que me conheço por gente estou calçando chuteiras e correndo pelos gramados. Desde a escolinha do Niltinho, passando pelo Goiás e toda história no Grêmio, minha família sempre apoiou bastante meus passos no esporte”, finalizou.

Após revés para o Fluminense na estreia, o Grêmio busca um resultado positivo na segunda rodada para se manter na briga por classificação. O duelo está confirmado para às 15h.arthur (2)Foto: Marcos Belo/Aguante Comunicação.