Com experiência de quem jogou a Libertadores pelo Atlético e a moral de algumas convocações para a Seleção Brasileira de base, o meia Eduardo Henrique chegou no Beira-Rio.

Com 21 anos, a imprensa mineira acredita que trata-se de um segundo volante com bom passe, boa saída, mas que é apenas regular na marcação. Uma aposta que pode dar certo.

O jogador disse que tem como inspiração Rafael Carioca, Elias e Pogba. Ele se definiu:

“Sou um segundo volante que chega bem à frente e dá passes para os companheiros. Vejo que esse é um grupo que quer vencer e dar a volta por cima. A passagem pelo Atlético foi muito boa, conquistei títulos. Quero fazer o mesmo aqui e dar alegrias à torcida”, completou.

O site do Inter definiu ele assim: Eduardo Henrique é um meio-campista técnico e dinâmico. Alto com boa velocidade, ele acrescenta qualidade na saída de jogo com bom passe e tem capacidade de juntar-se ao ataque. Formado no Atlético-MG, o jogador possui diversas convocações para Seleções de base, incluindo participação no mais recente Sul-americano sub-20, em 2015, no Uruguai. Atual treinador da Seleção Olímpica, Rogério Micale é um admirador do volante e o convocou na pré-lista para os Jogos do Rio 2016.

“Preciso de uma sequência. Tendo sequência tenho certeza que irão sair gols, passes. Com isso estou tranquilo”, finalizou.

FICHA TÉCNICA

Eduardo Henrique da Silva (Eduardo Henrique)
Posição: meia
Data de nascimento: 17 de maio de 1995 (21 anos)
Local: Limeira (SP)
Estatura: 1m84cm
Trajetória:
2014-2016 Atlético-MG
2016 InternacionaleduardoFotos: Ricardo Duarte/Inter.