Marcelo Medeiros pensa que a vantagem do Corinthians existe, mas é pequena. Sabe que é um time que joga há um tempo junto, que cresceu no clássico contra o São Paulo, mas também lembrou que o Inter teve chance de matar o duelo do Beira-Rio. Garantiu saber que o time paulista terá desfalques, só não comentou quais. Jadson era dúvida deles, só que está concentrado.

Sobre os muitos desfalques do Internacional, respondeu que se tivesse seus 20 anos, talento e ganhasse a oportunidade de vestir a camisa vermelha contra um Corinthians, em São Paulo, daria a vida para mostrar que tem condições. E tem certeza que os jogadores farão isso pra fazer um enfrentamento a altura.

Um fato curioso foi ao ser questionado se teria uma janta entre dirigentes colorados e corintianos. O mandatário afirma que jamais jantou e nunca irá jantar com nenhum rival na véspera de um confronto, mesmo que isso seja tradição em competições como a Libertadores.

“Se tivesse recebendo um clube estrangeiro em Porto Alegre, até poderia acontecer, mas não é o caso”, completou em tom bastante enfático.

9 informações sobre o Corinthians que não agradarão os colorados