Renato foi perguntado sobre o que ele achou do lance envolvendo Rodrigo Caio e Jô no jogo contra o Corinthians. Pra ele, o problema é que “no Brasil, você quer ser bonzinho e passa a ser ordinário pra algumas pessoas.” O treinador pensa que não pode condenar ou não o jogador, futebol tem suas armas e cada um usa como quer. Chegou a perguntar o porquê os árbitros não voltam atrás dos seus erros, por exemplo.

Portaluppi elogiou o atleta do São Paulo, gostou da atitude, mas mesmo assim, fez uma pergunta: “E se o São Paulo tivesse jogando contra o Barcelona e o Messi tivesse tomado o terceiro amarelo. Será que ele iria falar pro árbitro que o Messi não fez a falta?”

Grêmio precisa se desfazer de alguns jogadores

loading...