O presidente Romildo trata como impossível os valores do meia Everton Ribeiro, 28 anos, que está no Al-Ahli, dos Emirados Árabes. Odorico Romam confirma que fez uma tentativa em janeiro, mas diz que ele já foi descartado há muito tempo. Não tem a menor chance de pagar as quantias.

O salário pretendido do jogador é de R$ 700 mil mês e mais um valor de bonificação para assinar. Foi justamente isso que inviabilizou qualquer avanço nas negociações. Além do mais, o vínculo dele por lá não está perto do fim, ou seja, seria preciso mais 5 milhões de Euros (R$ 17 milhões) para comprar os direitos do jogador. Então, mesmo se conseguisse acertar com o atleta, teria que fazer o dono do time liberá-lo por algum valor menor que este.

Como disse o presidente Romildo, impossível. É isso que a direção tricolor afirma no momento.

Renato se posiciona sobre atitude de Rodrigo Caio no São Paulo