Alex, Ceará e Paulão se manifestaram oficialmente em suas redes sociais sobre uma notícia veiculada recentemente que os três teriam exigido aumento do bicho para livrar o Internacional do rebaixamento na temporada passada. A história contada é que antes do duelo contra a Ponte Preta, o trio pediu que a premiação fosse elevada de R$ 6 milhões para R$ 12 milhões. Isso só para não deixar o clube ser rebaixado. Eles classificam a “informação” como maldosa e mentirosa. Mas aqui estão as manifestações dos jogadores:

Recentemente foi divulgado em um blog, a notícia de que eu e outros atletas do grupo de 2016 estávamos exigindo da direção passada um “bicho” extra para evitarmos o rebaixamento. Notícias falsas ou plantadas escancaram a falta de responsabilidade e ética de pessoas que deveriam ter o respeito com o seu leitor. Minha história no clube foi construída com muito trabalho e respeito à esta instituição na qual eu aprendi a amar. O torcedor colorado merece dedicação de todo atleta que está dentro de campo. São estes, os torcedores, que transformaram esse clube na potência que é. Por esse respeito e carinho que tenho com a torcida colorada, esclareço que são falsas essas notícias de “bicho”, tampouco iria exigir valores para me dedicar dentro de campo. Esse tipo de atitude não faz parte do meu caráter profissional. O Internacional é o clube que me projetou para o futebol mundial, e a torcida colorada é responsável por momentos maravilhosos da minha carreira. Por isso sempre terei muito respeito a este clube e essa torcida. Sempre irei me doar ao máximo dentro e fora de campo para conquistar os objetivos e dar alegria para o apaixonado torcedor colorado. Marcos Venâncio de Albuquerque Ceará 02

A post shared by Marcos Albuquerque (Ceará) (@ceara02_oficial) on

https://www.instagram.com/p/BTFgUx_B1TjM9VDZPAvC9NnhEtxaTtpf-W9htQ0/?taken-by=marquinhos03