Nico López, Dourado e Lomba foram os melhores com bola rolando. Nico correu feito louco, Dourado desarmou e saiu jogando como nos velhos tempos e Marcelo Lomba fez suas ótimas defesas que garantiram o empate em 1 a 1.

Como ponto positivo a entrega colorada, os jogadores não desistiram nunca, lutaram bravamente, fizeram frente diante do Corinthians que jogou em casa e tinha vantagem. Até Anselmo, que falhou feio no gol, soube erguer a cabeça na segunda etapa e fez bem seu papel depois do erro. A classificação foi justa pelo que o time jogou nos dois jogos.

Mas não dá pra esconder o que aconteceu. Zago errou na escalação. Colocou Anselmo no meio-campo, Roberson também não foi bem armando o jogo enquanto esteve em campo. Anselmo falhou feio no gol do Corinthians, ele e William, que mais uma vez não fez um bom jogo. Não dá pra comprometer toda hora como ele tem feito.

Outra, a entrada de Valdívia foi no lugar errado. Ele ficou a um quilometro do gol. Tem que colocar o cara mais perto, com mais chances de finalizar.

 

Por fim, nos pênaltis, Zago errou novamente na escolha dos batedores. Léo Ortiz não deveria ter ido bater na hora da decisão. Ele é zagueiro e jovem. Sentiu. Só que a estrela colorada brilhou e no fim, após Lomba pegar duas penalidades, o Internacional saiu classificado.

O Colorado está nas oitavas de final da Copa do Brasil. Confesso que eu não acreditava.