O Inter saiu vivo de São Paulo. Era isso que ele queria e foi isso que conseguiu. Neste ano de segundona, é importante reafirmar suas qualidades a cada grande confronto, a Copa do Brasil vai ajudar muito nisso.

Léo Ortiz até poderia ter evitado o gol contra, era difícil, mas tinha como, precisava agredir a bola, fazer o movimento para tocar ela pra fora e não apenas deixá-la bater em seu corpo. Ele errou acontece, não é nada pra acabar com a carreira dele também.

Fora isso, Marcelo Cirino teve uma chance clara de cabeça e Dourado também obrigou Prass a fazer um milagre após falta lateral. Mas Borja perdeu um gol após driblar Daniel e o próprio Daniel salvou a pátria vermelha quando ficou cara a cara com Dudu. Ou seja, foi um duelo muito igual, o empate seria um resultado mais justo.

Agora é decidir tudo daqui a 15 dias no Beira-Rio. A classificação é muito possível.

Em tempo: Mais um goleiro tendo destaque no Inter. Daniel é o quarto goleiro, sim o quarto goleiro. Isso é caso de estudo. Não lembro de outro clube que tenha passado por isso, com quatro goleiros jogando e todos dando conta do recado.

Atlético-MG tem carta na manga para tirar Valdívia do Inter

daleFoto: Ricardo Duarte/Inter.

loading...