1. O Godoy Cruz é o adversário do Grêmio nas oitavas da Libertadores. É um time da província de Mendoza, pouco mais de mil quilômetros de Buenos Aires. O Grêmio terá que ir de voo fretado.
  2. Não é um time tradicional na Libertadores, eles estão na sua terceira disputa apenas e pela primeira vez chegaram nas oitavas de final. A campanha é considerada histórica, até porque eles estão na 15º colocação do Campeonato Argentino. O problema é que o goleiro tem sondagem do Atalanta, da Itália, e o lateral-direito do Boca. Ambos podem sair.
  3. O time joga de maneira ofensiva. O técnico é Lucas Bernardi, ex-jogador que tem só 39 anos, parou de jogar e já foi treinar o Newell’s e agora tá no Godoy. Ele gosta de jogar na pressão, a marcação sempre é alta e eles tem nas alas, nos ponteiros, os pontos fortes.
  4. Eles estão jogando no Estádio Maldivas, que é do governo local. Foi construído pra Copa de 78 e reformado pra Copa América de 2011. O Brasil venceu o Peru nesta Copa por 3 a 0. Tem capacidade para 40 mil pessoas. É um calderãozinho.
  5. A imprensa argentina não acredita muito no Godoy Cruz. Os colegas com quem falei lembraram que o Tricolor tem duas Copas, que tá brigando pela liderança do Brasileirão, sabem tudo da gente aqui no Sul e não demonstram otimismo.