Foto: Lucas Uebel/Grêmio.

Foi uma vitória segura, tranquila, sem dificuldades. O primeiro gol saiu em contra-ataque puxado por Luan, que abriu pro Everton cruzar pro Pedro Rocha, na pequena área escorar pro gol.

Já o segundo foi em bola que no Maicon deu uma caneta no cara do Galo, abriu pro Léo Moura cruzar, Pedro cabeceou, Victor defendeu, mas no rebote Fernandinho chegou chutando rateiro pro gol.

Aí foi apenas administrar o resultado.

Gostei demais do Arthur. Não errou um passe. Sim, e foi um dos que mais passou a bola.

Os dois últimos destaques ficam primeiro na conta da dupla de zaga, Bruno Rodrigo e Bressan não se complicaram. Bressan fez uma das suas melhores partidas com a camisa do Tricolor. Atuando pela direita ele vai melhor. Não deixou nada passar.

E o cara que merece o destaque final é Paulo Victor. O goleiro mostrou que é muito tranquilo na saída de gol. As bolas eram cruzadas na área e ele flutuava pra pegar todos os cruzamentos sem problema algum. Ainda defendeu um pênalti cobrado por Robinho. O cara deu uma cavadinha no meio do gol e o PV só deu um tapa pra fora.

O Grêmio segue caçando o Corinthians, mesmo que eles tenham 8 pontos a mais.

Com 39 pontos, essa é a segunda melhor campanha da história do Grêmio ao final do primeiro turno era dos pontos corridos. Só perde pra 2008, quando fez 41.