Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Qualquer repórter que esteve na Arena ontem sentiu que a saída de Luan esta próxima, questão de dias, horas talvez. Antes da bola rolar, um dos vices me dizia que finalmente os valores estão chegando no patamar que o clube espera. Os 22 milhões que o Spartak acenou confirmaram o que a direção sempre disse, que o atacante valia mais do que as quantias ofertadas antes. A Sampdoria, por exemplo, é criticada internamente por querer ser malandra, achar que chegaria com 12 milhões de Euros e levaria um dos melhores jogadores da Olimpíada. Não levou.

A meta agora é esperar, nada de se desesperar para vender. A negociação com a Globo no ano passado é um exemplo, mesmo precisando muito do dinheiro, os gremistas foram ao limite, negociaram tudo, e tiraram R$ 100 milhões por ano da emissora. Não se abraçaram nas primeiras ofertadas. Por isso, mesmo precisando desesperadamente de, no mínimo, mais R$ 40 milhões para não aumentar suas dívidas ao final de 2017, Luan só saí bem vendido.

Se os russos confirmarem no papel os 22 milhões de Euros (R$ 80 milhões) que falaram, sendo que desta quantia toda quase R$ 60 milhões serão do clube, é claro que Luan vai agora, nesta janela, sem esperar o final do ano.

Duvida? Leia o que disse o presidente Romildo na coletiva:

“A venda do Luan não é boa pro Grêmio, se acontecer nos patamares que o Grêmio deseja, é boa pro jogador também. Vão sair duas partes inteiramente satisfeita. O Luan tem 24 anos, jogou uma enormidade no Grêmio,deu um título, tá na hora dele realizar sua carreira profissional, tá na hora de ir pra frente, tem outros jogadores chegando. É um ciclo, um ciclo, nós já fizemos essa política de segurar até agora.”

Ou seja, já se fala abertamente na negociação…