Foto; Spartak/Divulgação

Com 25 anos, em seu terceiro clube na Europa, o volante Fernando, criado no Grêmio, torcedor gremista, vive a expectativa de receber Luan no Spartak, clube que ele conquistou o Campeonato Russo na temporada passada e se prepara para a disputa da Champions League. Após assédio de várias equipes, seu empresário garante que o time do Leste Europeu nem sonhou em negociá-lo.

Enfim, aqui a conversa que tivemos com ele aqui na Band, em entrevista do colega Gabriel Corrêa:

“Estou acostumado com o frio que faz aqui na Rússia. Já joguei ano passado com -15ºC aqui ano passado. É um frio impressionante.”

“Expectativa é muito grande aqui na Rússia para a Copa. Obras para todos os lados.”

“Não sei se torço para o Luan vir jogar aqui ou se torço para ele ficar no Grêmio.”

“Nosso time joga no 4-2-3-1. Mesmo esquema do Grêmio. Luan não teria problemas quanto a isso.”

“Os campeonatos europeus são mais físicos do que técnicos.”

“Na europa, os jogos são mais corridos e truncados. Luan tem uma capacidade grande de ler o jogo.”

“Sempre que posso acompanho o Grêmio. Durmo um pouco para poder assistir os jogos aqui pelo fuso.”

“Não só com o Renato, mas com o Roger também. Time do Grêmio é muito bem treinado. Dá gosto de ver.”

“Grêmio tá em 3 competições. Tomara que conquiste títulos pelo trabalho que vem sendo feito.”

“O time de 2013 era tão bom quanto esse atual do Grêmio. Infelizmente, não ganhamos a Libertadores.”

“Estou muito satisfeito com o meu desempenho aqui no Spartak.”

“Quero voltar, em um futuro próximo, para conquistar títulos e encerrar minha carreira no Grêmio.”