O Inter venceu o Brasil de Pelotas por 1 a 0, gol de Leandro Damião, de cabeça, e está a duas vitórias de confirmar o retorno pra elite do Brasileirão. Detalhe que a falta foi cobrada por D’Alessandro, o que configurou a 16ª assistência dele na temporada.

Mas embora tudo isso seja importante, queria primeiramente destacar o show que a torcida colorada fez. Com a Popular novamente liberada para entrar com instrumentos e identificação, o pessoal fez a festa e os 24 mil 816 colorados realmente apoiaram e fizeram uma festa bonita no Beira-Rio. Temos que torcer pro pessoal segurar a onda e não brigar mais.

Voltando pro jogo, o primeiro tempo teve mais empurra, empurra dos jogadores do que futebol. Era todo mundo querendo bancar de machão. O gol saiu aos 50 min da primeira etapa.

Já o segundo tempo mudou completamente quando Sasha foi expulso por meter o pé no peito do cara do Brasil. Com um a menos, o Brasil foi pro ataque e o Inter jogou pela primeira vez no ano no contra ataque.

Damião foi guerreiro como sempre, batalhou por todas as bolas e ainda meteu mais uma na trave. Camilo e Winck perderam gols incríveis no contra-ataque e Nico López conseguiu, de frente com o goleiro, chutar no zagueiro. Chances charas de gol.

Charles foi uma usina nuclear de vontade, mas parecia desembocado. Tem que dar tempo pra ver se ele se encontra.

O negócio é que o Inter é líder, está a 6 pontos do segundo colocado. Agora pega o Boa Esporte na outra terça-feira, lá em Minas.

Foto: Ricardo Duarte/Inter