Em entrevista no Bem Amigos após o jogo de segunda, D’Alessandro explicou que a diretoria colorada focou em primeiro fazer um time competitivo para conquistar a Série B, o que ele também pensa que é o mais importante, mas que agora está focando na melhoria da estrutura do CT Parque Gigante, que está em obras.

Acontece que o CT do Inter é criticado internamente há muito tempo pelos profissionais. Lembro que em uma viagem pra Goiânia, um dos jogadores chegou a mostrar pra um dirigente que o CT do Atlético-GO era muito melhor que o colorado. Imagina!

Há não muito tempo, um ex-dirigente lembrou que os jogadores precisam ser divididos em grupos para ir na academia pois ela é pequena. Os aparelhos são bons, o gramado é de qualidade, mas é tudo pequeno.

O próprio Fernandão disse lá atrás, em entrevista na Zero Hora, que “era um puxadinho”.

Agora, finalmente, a diretoria do Inter está investindo em melhorias antes de conseguir construir um CT definitivo em Guaíba, que é um sonho transforma-lá em uma espécie de “Cidade do Inter”, nos mesmos moldes da “Cidade do Galo”, do Atlético-MG. Exemplo do país.