O meia Patrick não está abatido. Pelo contrário, ficou feliz por ter seu nome lembrado pelo presidente Romildo. Sabe que é apenas seu primeiro ano de profissional e que vai jogar muitas Libertadores na carreira.

Com 19 anos, terá a chance de jogar mais uma vez no time titular neste domingo, contra o Avaí.

Pra quem não lembra, o presidente chegou a anuncia-lo como uma das mudanças na lista da Libertadores, mas Renato acabou optando por Cristian, Cícero e Jael.